E não, não estamos a falar das peúgas oferecidas pela tia-avó, da lingerie que o namorado comprou à pressa no shopping nem da camisola que a mãe esteve a...