By

Christine Centenera tem tudo aquilo que uma fashionista – ou pretendente a – pode ter. Ou quer ter. Na verdade, não é para todas. Há pessoas que nasceram com “estilo” no nome do meio, a elas, basta que a vida lhes dê uns toques de sorte para que o sucesso seja garantido.

Editora de moda da Vogue Australiana e stylist freelancer, Centenera defende o estilo “edgy” melhor que ninguém. Afirma-se uma apaixonada por tudo o que tenha a ver com tachas e cabedal e não dispensa o uso e abuso das cores básicas – preto, branco e cinza. Tem o dom de transformar peças aparentemente simples, onde uma sweatshirt pode ser o ponto de partida, em looks finais que fazem parar o próprio Sartorialist (talvez quem mais tenha reparado nela, lançando-a como it girl), tudo através do recurso aos acessórios certos: umas botas Balenciaga, uma carteira Chanel.

 


Ainda que tenha à sua disposição todo um guarda-roupa nos bastidores da redacção da Vogue, ou que o seu namorado seja o designer australiano John Gosh (é comum vê-la com as suas roupas pelas ruas de Melbourne), é importante reconhecer-lhe o talento inato, uma vez que não é usual uma rapariga da sua idade (30 primaveras) ser dona de um estilo tão único e tão outstanding.

 

Leave a Reply