By

Sabia que sexo depois dos 50 faz bem à memória e ao cérebro? Ao contrário do que possa pensar, as mulheres e homens beneficiam de uma vida sexual ativa com essa idade. Saiba mais a seguir.

O sexo depois dos 50 anos faz bem e recomenda-se. Um estudo conduzido por investigadores da Universidade de Coventry, no Reino Unido, mostra que manter uma vida sexual ativa nessa idade, faz bem ao cérebro e à memória e, no caso dos homens, ainda aumenta a capacidade de decisão, de planificação e de concentração. A investigação, publicada na revista Age & Ageing, envolveu 6800 adultos entre os 50 e os 89 anos, que foram acompanhados durante um ano. Todos eles foram submetidos a testes verbais e numéricos sobre a eficiência da sua função mental, capacidades executivas e problemas de concentração, tendo em simultâneos respondido a questionários sobre a sua atividade sexual (incluindo relações sexuais, masturbação e troca de carícias).

Mais sexo, melhor memória

A conclusão é que, quer os homens quer as mulheres com uma atividade sexual mais ativa, provaram ter uma memória mais eficiente e um cérebro mais flexível e ágil. Mas o cérebro masculino mostrou ter ainda mais vantagens. Os homens sexualmente ativos mostram ter uma melhor capacidade de decisão e de execução. A diferença entre os sexos pode estar associada a fatores hormonais. Estudos prévios tinham já demonstrado que as diferenças hormonais existentes entre homens e mulheres influenciam algumas zonas do cérebro e as várias funções deste.

Este estudo, de acordo com a investigadora principal, Hayley Wright, mostra uma significativa associação entre a atividade sexual e as funções cognitivas nos adultos maiores de 50 anos. Haley Wright promete continuar a estudar este tema para perceber o porque desta associação. “O que queremos clarificar agora é se é a atividade sexual que leva a uma melhor função cognitiva ou se as pessoas que têm uma melhor função cognitiva tendem a permanecer ativos sexualmente mais tempo”, conclui.

Melhore a sua vida sexual

  1. Procure conhecer o seu parceiro, o que é mais importante para ele e evite fazer juízos de valor;
  2. Mostre interesse genuíno, e não tenha medo de fazer perguntas;
  3. Preste atenção e esteja presente sempre que o seu parceiro precise, este é o melhor preliminar da sua vida sexual;
  4. Fale sobre sexo, do que gosta e pergunte o seu parceiro as suas preferências;
  5. Toque, beije, abrace e provoque.

 

Leave a Reply