By

Se a nova roda dos alimentos fosse um prato, os vegetais e a fruta ocupavam quase a sua metade –  Esqueça os cachorros quentes e nuggets de frango e dê preferência aos brócolos, cenouras, espinafres e qualquer outro alimento que venha do solo, da terra. Como as mães é que sabem, siga os conselhos de nove delas – mais e menos famosas.

No que toca a uma alimentação rica em vegetais e fruta, de acordo com a Direção-Geral do Consumidor, as crianças começam a expressar as suas “escolhas” ou “rejeições” alimentares desde muito cedo, por volta dos quatro anos, como forma de controlo sobre o ambiente que as rodeia. Especialmente em idade escolar, o exemplo dos pais e dos professores é um dos principais fatores modeladores das suas preferências e hábitos alimentares, pelo que a responsabilidade dos mesmos por este papel deve ser notória. É importante ter consciência de que refeições formais, em família, favorecem a adoção de hábitos saudáveis, bem como um ambiente calmo, leve, sem pressões, “discussões” e exigências.

E quem melhor do que algumas mães experientes para darem 9 conselhos para que os seus filhos comam mais fruta e vegetais?

1. Aproveite quando eles têm fome

Ann Kulze, médica de família e autora do livro Eat Right for Life, mãe de Liz, 21, Frazier, 20, Jack, 19, e Lucie, 16.

“Se eles têm fome, vão comer. Antes do jantar, sirva um aperitivo de vegetais coloridos, como tiras de cenouras, pepino e pimento vermelho para molhar num molho de iogurte ou hummus”, sugere Kulze.

2. Institua a regra de provar tudo

Amy Traverso, editora de lifestyle da revista Yankee Magazine e mãe de Max, 3 anos.

“Diga ao seu fillho para provar um pouco antes de afastar a comida no prato. Se provar o que está no prato pode, eventuamente, sentir-se confortável e continuar a comer.”

3. Dê-lhes nomes criativos

Susana Pinto, gestora e mãe de António, 38 e Rebeca, 26. Avó de Alexandre, 4 anos.

“Se os marketers o fazem, porque é que nós não o podemos fazer também? Começámos a chamar as couves de Bruxelas de bolas mágicas e os brócolos de árvores anãs. Foi tiro e queda!”

4. Leve-os consigo às compras

Eileen Wolter, autora do blogue A Suburban State of Mom, mãe de Luke, 6 anos, e de Graeme, de 3.

“Deixem ser eles a escolher as frutas e vegetais no supermercado. Deixem ser eles a cheirar e admirar as cores.”

5. Cozinhe com os seus filhos

Maria Dias, mãe de Diana, 15, e de Diogo, 9.

“Há uns anos atrás pedi ao Diogo para ser ele a cozer as ervilhas. Encheu um tacho com água e colocou lá dentro o saco de ervilhas congeladas. Só o ajudei a escorrer a água. Juntou um pouco de azeite e quando nos sentámos à mesa, o Diogo insistiu em comer as ervilhas, porque ele é que as tinha feito.”

6. Façam uma noite “verde”

Mia Redrick, autora do blogue Time for Mom-Me, mãe de Patrícia, 13, e de Alexandra, 9.

“Desta forma não compete com outro tipo de alimentos. O menu é composto por hummus com vegetais, hambúrgueres de cogumelos, batata doce feita no forno, vegetais salteados, etc.”

7. “Disfarce” os vegetais

Jessica Seinfeld, autora do livro Deceptively Delicious, mãe de Sascha, 10, Julian, 8, e de Shepherd, 5.

No seu livro, Seinfeld ensina os pais como “esconder” puré de vegetais em tudo, desde wraps de frango, a empadas…

8. Torne-os uma opção fácil e prática

Coco Peate, do blogue vidacoco.com, mãe de Sophia, 7, Maddy, 5, Danny, 2, e de Anthony, de 2 meses.

“Escolha uma zona/gaveta do seu frigorífico onde possa guardar saquinhos com fruta e vegetais já cortados, compota de maçã e copos com fruta. Está tudo à mão, à prova de preguiçosos.”

9. Transforme os electrodomésticos em gadgets divertidos

Althea Hughes Wills, do blogue Raw Mocha Angel.

“Que criança não adora gadgets? Deixe-os usar o centrifugador, a máquina de sumos, o processador de comida para fazer smoothies e outras receitas com fruta e vegetais. Com a supervisão adequada, claro.”

Que outros conselhos usa para convencer os seus filhos a comerem vegetais e fruta?

Guia Para Uma Vida Mais Saudável

Este conteúdo chegou até si devido ao envolvimento da marca Kérastase com um estilo de vida mais natural. Nomeadamente através da gama Aura Botanica. Saiba mais sobre este guia, aqui.

[/callou

 

Leave a Reply