By

Nos saldos, há quem tenha tendência para querer comprar tudo (sem experimentar) só porque é barato. Mas nem sempre esse tudo faz falta. O ideal é que faça poucas, mas boas compras!

Quando as lojas começam a pôr o símbolo “%” na montra é sinal de que está aberta a época das compras por impulso. O que é isso? Entramos num loja – onde muitas vezes está tudo espalhado – pegamos nas peças que achamos bonitas, vimos se estão em saldos e vamos pagá-las. Experimentar? “Nem pensar meter-me naquela fila!”.

Quem é que já não agiu assim? Nos dias de hoje, sabemos que as coisas não estão fáceis e que não vale mesmo nada a pena gastar dinheiro em coisas que não vamos utilizar. Além disso, só vão ocupar espaço no armário. Assim, este artigo serve para impulsionar apenas e somente boas compras. Atente nas dicas.

  • Ainda em casa, faça uma lista das coisas que precisa e o valor monetário máximo que pode gastar. Não compre nada só por ser bonito, a não ser que seja uma-paixão-louca-incontrolável;
  • Veja as etiquetas com atenção. É muito importante que estas tenham bem visível o preço anterior e o que está a ser praticado nesse momento. Só deste modo saberá se realmente está a ser aplicado um desconto;
  • Veja bem cada peça para confirmar que não tem defeitos. As peças que são trocadas muitas vezes são postas novamente à venda sem etiqueta. Evite essas peças e, se as comprar, confirme se não tem manchas;
  • Experimente tudo! Respire fundo e vá para a fila. Muitas vezes as peças são bonitas à vista, mas não assentam bem;
  • Se alguma peça precisar de arranjo, como uma bainha, faça contas e tente perceber se vale a pena a compra. O arranjo mais o preço que pagou por ela pode ultrapassar o primeiro valor da peça;
  • Vá às compras de manhã. Pelo simples motivo de que as coisas ainda estão todas arrumadas e há a possibilidade de existirem mais números;
  • Veja as tendências do próximo ano. Não estamos a dizer para abdicar do seu estilo próprio. No entanto, as tendências são sempre uma forma de nos inspirarmos e criarmos looks;
  • Questione-se se a peça não baixará mais o preço. É um risco, bem sabemos. Mas também é uma grande probabilidade ficar ainda mais barata. Se não precisa dela com urgência, pense nisso.

Costuma ter truques quando vai ao saldos? Conte-nos tudo.

 

Leave a Reply