By

A rosácea é uma doença crónica que afeta cerca de 40 milhões de pessoas em todo o Mundo! Mais comum nas mulheres do que nos homens, causa uma vermelhidão na pele que não tem cura, mas pode ser disfarçada.

Não, nem sempre uma pessoa tem a pele vermelha por estar corada. Muitas vezes sofre de rosácea, uma doença circulatória crónica que afeta 10% da população mundial. Que o diga Cynthia Nixon. Conhecida por ter dado voz e corpo a Miranda Hobbes de Sexo e a Cidade, a atriz é porta voz da Act on Reduma campanha de sensibilização para a doença.

Hobbes tinha 43 anos quando percebeu que sofria de rosácea. Em entrevista à Marie Claire assumiu que ao princípio não foi fácil lidar com a doença, mas que agora se sente “mais bonita do que nunca”. “Fui à dermatologista porque estava preocupada com um quisto. O quisto não era nada de grave, mas de repente ela diz-me: ‘Sabe que tem rosácea, não sabe?’ Já tinha reparado que a minha pele ficava vermelha com muita facilidade, mas pensei que fosse de ter pele sensível ou acne. Depois reparei que aquilo que eu fazia contra a acne só piorava o estado da pele”, contou.

Para atenuar a vermelhidão na pele, a atriz teve não só de alterar alguns hábitos como implementar outros tantos na sua vida. Saiba tudo, a seguir.

Sintomas primários da rosácea

Segundo a National Rosacea Society:

  • Rubor frequente, que aparece e desaparece;
  • Vermelhidão frequente, como se fosse um escaldão que não desaparece;
  • Pápulas e pústulas (borbulhas) no rosto;
  • Vasos sanguíneos visíveis.

Sintomas secundários da rosácea

Segundo a National Rosacea Society:

  • Irritação dos olhos;
  • Ardor e picadas constantes na pele do rosto;
  • Pele seca e áspera;
  • Espessamento da pele em algumas zonas da face;
  • Sensibilidade à luz;
  • Inchaço do rosto.

Truques e hábitos que deve adotar

  • Deixe de beber vinho tinto. Segundo Cynthia Nixon, “o vinho tinto é um dos maiores culpados de um surto de rosácea”. Além disso, as bebidas quentes também devem ser evitadas;
  • Não ingira alimentos muito condimentados e com alto teor de histamina, incluindo alguns queijos, beringela, espinafres, vinagre e molho de soja;
  • Evite a exposição solar. Um estudo feito no Reino Unido indica que 81% das pessoas que sofrem de rosácea apresentaram a exposição solar como sendo o principal fator despoletador dos seus sintomas de rosácea. Use todos os dias protetor solar SPF 50+ com UVA e UVB;
  • Aposte em cosméticos isentos de álcool ou perfume. Segundo o site Não Vire a Cara à Rosácea “não deve usar produtos formulados para o tratamento de acne, uma vez que estes são, frequentemente, demasiado agressivos. Limpe suavemente com produtos «isentos de álcool ou perfume» e seque o rosto com uma toalha de algodão macia. Peça ao seu dermatologista sugestões adequadas para o seu tipo de pele em particular”;
  • Não use maquilhagem à prova de água. O porquê é simples: para removê-la tem de usar produtos com lauril sulfato de sódio ou solventes, que não são indicados para quem tem rosácea;
  • Há já vários tratamentos médicos que pode fazer: o antibiótico metronidazol e a brimonidina. Não se esqueça que não curam, mas reduzem. A sua eficácia varia conforme o tipo e a sua gravidade. Consulte sempre o seu dermatologista para perceber qual é a melhor solução para si. 

Sofre de rosácea? Conte-nos a sua experiência.

 

Leave a Reply