By

Há quem diga que “quanto mais melhor”, mas será que esta ideia não passará apenas de uma frase feita? Haverá mesmo um tempo exato para que uma relação sexual seja considerada ideal? Os estudos, esses, são peremptórios: não é preciso uma noite inteira para que o sexo tenha nota 20.

Talvez nunca tenha colocado um cronómetro na mesa de cabeceira, mas arriscamos em perguntar: alguma vez questionou se uma relação sexual tem tempo ideal de duração? Ou é daquelas que considera que a perfeição acontece quando os dois atingem o máximo prazer, independentemente do tempo de duração?

Embora muitas pessoas considerem que só os maratonistas do sexo conseguem ser felizes na atividade sexual, os estudos até agora realizados provam o contrário. Investigadores da Society for Sex Therapy and Research, nos Estados Unidos da América, concluíram que dez minutos é a duração ideal para uma relação sexual. Chegaram até a atribuir notas a outros tempos registados: dois minutos é muito pouco, sete já é aceitável, dez é adequado, treze ainda é desejável e mais do que isso é considerado uma chatice!

Também outro estudo da Universidade de Penn State, divulgado pela BBC, diz que o sexo para ser satisfatório tem de durar entre “três a treze minutos”, pois depois disso a “relação sexual já é considerada muito longa, com vários momentos enfadonhos”.

Embora estas análises devam ser valorizadas (pois demoram muitas vezes vários anos a serem concluídas e são testados vários objetos de estudo) acreditamos que uma relação sexual deve demorar o tempo que for preciso para que as duas pessoas terminem totalmente satisfeitas. Melhor do que afirmar esta opinião é mesmo creditá-la: quantas vezes um casal já foi feliz no sexo em apenas poucos minutos (nas chamadas rapidinhas)? E quantas mais vezes esse mesmo casal acordou maravilhado depois de longas horas de amor e momentos de prazer?

Consideramos que o importante durante o sexo é que os dois estejam em sintonia e que aproveitem da melhor forma esta fonte de prazer. De lado, devem ficar os relógios e telemóveis com cronómetro – só vão desestabilizar, não é verdade?

Na sua opinião, há duração ideal para uma relação sexual?

 

Leave a Reply