By

Coco Chanel mostrou, em 1920, quão bem lhe ficava um power suit. Desde aí o conjunto, até então destinado aos homens, tem vindo a ser adotado pelo sexo feminino em várias versões. Agora, o fato masculino surge cheio de cores e conjugado com t-shirts e afins, o que lhe dá um toque irresistível de rebeldia.

Obrigada, Coco Chanel. Obrigada Jacqueline Kennedy. Obrigada Marlene Dietrich. Se hoje a moda não tem barreiras, tamanhos e limites muito devemos à emancipação destas três mulheres que, na sua época, adotaram peças até então destinadas aos homens. Falamos dos power suit, os fatos tipicamente masculinos de ombros oversize que ocuparam as passerelles dos últimos desfiles de Balenciaga, Céline e Jil Sander, por exemplo.

Desde a altura em que estas poderosas mulheres surgiram com power suit em vários eventos sociais que o sexo feminino os usa. Primeiro em versões mais formais e sombrias – ora em saia-casaco ora com calças. Este ano a tendência vai mais além e surge com cor, vários feitios e conjugada tanto com sapatilhas como com saltos altos.

A seguir deixamos-lhe a inspiração que precisa para assumir um fato masculino, que deixou de o ser. Se pode levá-lo para o trabalho? Deve!

Power suit

Com sabrinas

Escolha umas calças mais curtas e fechadas em baixo. Pode conjugar o power suit com uma camisola básica ou, para um look mais descontraído, uma t-shirt.

Paris F16

 

Leave a Reply