By

As nozes são originárias do Irão, Arménia e algumas zonas da Ásia e, felizmente, são bastante cultivadas no nosso País. Felizmente porquê? Segundo um estudo recente, este fruto seco diminui a probabilidade de ter doenças cardíacas e cancro.

Hoje em dia, 4,5 milhões de portugueses afirma consumir diariamente nozes. O número foi divulgado pela Marktest, que mostra ainda outros valores: há mais mulheres do que homens a comer este fruto seco (55.7% e 48.9%, respetivamente) e 34.9% dos inquiridos diz consumi-los pelo menos uma vez por semana.

O que talvez estes consumidores não sabem é que o consumo de nozes (20 gramas) deve ser diário. Assim afirmam os investigadores da Norwegian University, na Noruega e da Imperial College London, no Reino Unido, numa pesquisa publicada na revista BMC Medicine.

Segundo os cientistas, quem consome este fruto seco todos os dias diminui em 30% a probabilidade de ter doenças cardíacas, em 15% o risco de cancro, em 40% a probabilidade de desenvolver diabetes e 22% o risco de morte em geral.

Para chegarem a estas conclusões, os investigadores analisaram cerca de 30 estudos mundiais sobre nozes, em que estiveram envolvidos 819 mil participantes (18 mil vítimas de doenças cardiovasculares e cancro, 12 mil com doenças cardíacas coronárias e nove mil com derrame, entre outros). Depois de acompanharem a alimentação e estilos de vida de cada um, os cientistas concluíram que quem começou, ao longo da investigação, a consumir 20 gramas de nozes por dia teve melhorias e benefícios na sua saúde. Além disso, é importante referir que durante os estudos 85 mil pessoas morreram.

Dagfinn Aune, um dos investigadores que agregou os estudos, disse à BMC Medicine: “algumas nozes, como a noz comum e a noz-pecã são ricas em antioxidantes, que podem diminuir o risco de cancro. Apesar de serem ricas em gordura, também são ricas em fibra e proteína e há sinais de que podem ajudar a diminuir o risco de obesidade a longo prazo!”.

Costuma consumir nozes? Com que frequência? Sabia destes benefícios?

 

Leave a Reply