By

30 dias de fitness, fitness, saber viver

Todas nós temos dias menos bons. Aqueles dias em que não nos apetece treinar, correr meia dúzia de quilómetros ou estar com os colegas de ginásio. Nestas alturas, o que tem que prevalecer é a vontade de não desistir. Para a ajudar nesta conquista, sugerimos-lhe dicas do que pode fazer para não sentir quebra nos treinos.

Basta que o tempo não esteja solarengo. Basta que estejamos a precisar de um dia de descanso ou sem energia (neste caso, não deixe de provar os snacks que sugerimos) para que a desmotivação nos bata à porta. Nestes dias, a realidade é esta: não nos apetece treinar.

Embora o sofá chame por nós e a força de vontade não seja muita, o pensamento tem que ser não desistir a meio. Nestas alturas, que tal optar por treinos fáceis que não requerem muito esforço? Aqueles que nem precisa de sair de casa e usa o espaço que tem na sala ou no quarto para fazer alguns exercícios, enquanto ouve a sua música preferida (ou a playlist que sugerimos aqui). Ou aqueles na rua, mas que nem vai notar que está a fazer desporto? Em baixo, conheça as nossas dicas para quando a preguiça é a palavra do dia.

Pegue num tapete de ioga e faça exercício em casa

Vista uma roupa confortável (veja as nossas sugestões) e escolha a zona com mais luz natural da sua casa. Afaste tudo aquilo que pode distraí-la e comece por alongar. Depois, invista em posições de ioga, como a sequência de Teresa Viana, instrutora e personal trainer do Holmes Place. No fim, vai sentir-se muito mais descontraída, concentrada e com vontade de fazer ainda mais atividade física. Se preferir outro tipo de exercício, use o tapete de ioga para fazer, por exemplo, sequências para acabar com a celulite ou tonificar os glúteos.

Faça uma caminhada junto ao mar ou na serra

Comece por combinar com um grupo de amigos encontrarem-se numa esplanada agradável. Depois de uma pausa para porem a conversa em dias escolham entre duas opções: ou caminham sem destino, seguindo sempre a linha do mar, por exemplo, ou descarregam a aplicação Runkeeper, optam pela opção da caminhada e deixam que o GPS vos guie. O tempo que passar com os amigos vai ser tão divertido, que nem se vai lembrar que está a fazer exercício. Se por outro lado, preferir fazer uma caminhada com pessoas que não conhece (ou levar o tal grupo de amigos), pode inscrever-se em várias empresas de trekking que organizam passeios todas as semanas. A Borealis, a 7Cumes e a 100atalhos fazem caminhadas por todo o País.

Vá nadar a uma piscina sem compromissos

Talvez até ache que para ir dar umas braçadas a uma piscina pública tem que se inscrever e pagar uma mensalidade. Não é preciso. Hoje em dia, já há muitas piscinas que aceitam pagamentos diários, ou seja, pode lá ir num dia e só voltar muitos meses depois. Nas alturas em que não lhe apetece treinar, que tal ir nadar em crol durante uma hora? Experimente estas piscinas: Piscina de Campo de Ourique, Piscina da Cidade Universitária, Piscina do Restelo e Piscina do Jamor, em Lisboa, e Piscina do Clube Fluvial Portuense, Piscina da Rodovia e Piscina de Gueifães, no Porto.

Vá com os miúdos ao jardim

Procure um jardim perto de casa e vá com as crianças a pé. Elas vão adorar estar a brincar ao ar livre. Enquanto estão entretidas, aproveite o banco do jardim para fazer alguns exercícios. Sem ideias? Sugerimos cinco aqui.

Opte por subir e descer as escadas até ao emprego

Melhor, comece logo pelo seu prédio. Se tiver elevador, ignore-o. No trabalho, faça o mesmo. Suba e desça sempre pelas escadas mesmo que no início lhe custe. Vai ver que depois de seguir esta dica algumas vezes, o ato já vai ser instintivo e nem se vai lembrar de que tem elevador.

 

Não se esqueça de nos dar a sua opinião. Conte-nos os seus truques para não desistir!

 

Leave a Reply