By

A mudança tem de acontecer agora, mas não precisa de ser drástica. Há truques que pode ir adaptado ao dia a dia que farão com que fique mais saudável. Não se esqueça: uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes é meio caminho para ser mais feliz.

Prometeu, no início do ano, começar a ter uma alimentação mais saudável, mas dá por si a cometer os mesmos erros do ano passado? Não consegue dizer não a determinados alimentos e ainda nem sequer provou outros substitutos e com mais nutrientes?

Temos duas notícias: ainda vai a tempo de mudar, mas essa mudança deve ser feita agora. Um estudo realizado pela Nielsen o ano passado mostrou que os portugueses estão cada vez mais preocupados com a alimentação (35% pratica dietas que limitam ou proíbem o consumo de açúcar e 32% o consumo de gordura). No entanto, muitas vezes, não sabem é por onde começar, ou melhor, que truques subtis utilizar para que a mudança não seja tão drástica (e com um nível de desistência elevado).

Se se enquadra nesse grupo, comece já hoje a pôr em prática as dicas que lhe damos a seguir.

  • Reduza na quantidade. Esta não é sinónimo de qualidade. Esqueça as grandes porções no prato e opte antes por menos quantidade de alimentos mais saudáveis;
  • Opte pelas carnes brancas. A carne vermelha tem um maior teor de gordura, por isso escolha antes o peru ou frango;
  • Dê uso à wok. Este é um utensílio de cozinha em que pode cozer a vapor, grelhar e saltear – três formas saudáveis;
  • Aposte em snacks saudáveis durante o dia. Quando está no escritório e fica com fome tem tendência para comer a primeira coisa que aparecer? Então tenha sempre snacks na carteira. Veja aqui algumas sugestões;
  • Não saia de casa sem uma garrafa de água. E tenha-a sempre à vista enquanto trabalha. Assim, nunca mais se vai levantar para ir buscar bebidas gaseificadas;
  • Mastigue os alimentos lentamente. Esta ação não só resulta numa melhor digestão, como dá tempo ao cérebro de processar a informação de saciedade;
  • Reduza a quantidade de sal. Para dar sabor aposte em especiarias, por exemplo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, não devemos ingerir mais do que cinco gramas de sal por dia;
  • Coma sopa ao almoço e ao jantar. Este prato é rico em legumes, logo é mais saudável. Além de que ao comer sopa fica com menos fome para um segundo prato.

Tem apostado numa alimentação mais saudável? Conte-nos os seus truques.

 

Leave a Reply