By

Nos dias de hoje, jantar fora é um pequeno luxo. Por isso, o melhor é termos atenção a vários aspetos (desde a comida ao sítio onde estamos) para que no final da noite não haja arrependimentos pelo dinheiro gasto.

Haverá pior desilusão do que ir jantar fora com amigos e a experiência no restaurante ser uma desgraça? Sabemos que não. Muito por isso (e por já termos sido protagonistas de histórias em que pedimos um tornedó à Casa e ter chegado à mesa um bife mais duro do que a sola de um dos nossos melhores sapatos) temos vários truques que não dispensamos na hora de escolher, entrar, e comer num restaurante.

São essas mesmas dicas que partilhamos consigo e queremos que use todos os dias em que quiser dar folga à cozinha lá de casa. Ao início até pode parecer muita coisa, mas acredite que nunca mais vai ficar com a lágrima no canto do olho quando lhe apresentarem a conta depois de ir jantar fora.

Vinho a copo vs garrafa

É tudo uma questão de contas. Na maioria das vezes, pode pensar que pedir vinho a copo é mais barato, quando de facto não é. Pergunte sempre qual é o valor da garrafa e pense no número de copos que vai, mais ou menos, beber. Questione também as outras pessoas da mesa se pro acaso a acompanham a beber o mesmo vinho.

Jante cedo

Aqui não há que ter vergonha de ser a primeira a chegar ao restaurante. Acredite que é muito mais fácil ter mais atenção por parte dos empregados quando o espaço está menos cheio. Não queremos com isto dizer que será pior atendida em horas de ponta, no entanto, há uma maior probabilidade de ter de esperar pelos pratos, bebidas, conta e afins.

Divida as entradas e os pratos

Pergunta obrigatória: questione sempre o tamanho das doses. Muitas vezes dão para dividir por duas ou até três pessoas. Assim, não só evita que a comida se estrague, como o jantar ficar-lhe-á muito mais barato. Se dividir tudo e comer uma entrada, com fome também não ficará. Outra situação que deve sempre ter em conta são as comidas de tacho. Por norma vem assinalado na carta que são para duas pessoas, mas dão sempre para mais.

Não pergunte qual é o prato que o empregado recomenda

Porquê? Ora porque poderá sugerir-lhe o mais caro. E nem sempre o mais caro é o melhor, certo? Quando tiver alguma dúvida fale com pessoas que já estiveram no restaurante ou então peça para chamar o chef.

Não tenha medo de pedir alterações nos pratos ou de mandar um para trás

Já comeu algo que não estava a gostar ou que não lhe sabia bem? Esqueça. Não tem obrigação de o fazer. Deve sempre ser sincera e chamar o empregado ou o chef quando isso acontecer. O máximo que lhe vão dizer é que não trocam o prato – o que também diz muito do restaurante, não acha? Por outro lado, se lhe apetece um prato, mas não gosta de todos os ingredientes, avise e crie um personalizado. Saber-lhe-á muito melhor do que ter de desviar o que não aprecia.

Leia sempre toda a informação sobre o restaurante

Hoje em dia, já não existe a desculpa do “ah, não sabia ao que vinha”. Saberá, claro. Basta que consulte aplicações como a Zomato ou o TripAdvisor e tem logo vários comentários sobre o restaurante. Em muitos deles, os responsáveis pelo espaço fazem questão de responder, o que também serve para que perceba como é que o sítio é gerido. Outra das formas de saber como é o espaço e a comida é falar com alguém da sua confiança que já lá tenha ido. O passa palavra ainda é a melhor estratégia de marketing que existe, não concorda?

Vá sempre à casa de banho antes de se sentar

Este truque pode até parecer uma brincadeira, mas o que é certo é que há quem diga que “se queres saber como é a cozinha de um restaurante, conhece a casa de banho primeiro”. Por isso, se acredita em frases feitas, nada melhor do que dar uma espreitadela antes de escolher a mesa.

Marque mesa sempre que possível

O restaurante pode até ser muito bem recomendado, mas perde logo algum do seu fascínio se temos de estar uma hora à espera de mesa. Muitas vezes a culpa é nossa, que nos “esquecemos” de fazer uma simples chamada a reservar. Este ato faz com que ou fique logo a saber que não há mesas disponíveis ou consiga reservar o seu espaço à sua vontade e evitar filas.

Costuma ter em atenção estes truques quando vai jantar fora?

 

Leave a Reply