By

Quer juntar-se a este grupo? Reunimos alguns dos hábitos saudáveis que, se cumpridos, farão toda a diferença. Só tem de prometer a si própria que fará todos os possíveis para os concretizar.

Pessoas saudáveis são mais ativas e têm dias mais vitoriosos. Concorda? Mas, afinal, o que faz com que isso aconteça? Bons hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada e exercício físico regular são dois dos segredos cumpridos à risca. Mas há mais. Saiba, a seguir, como se comportam as pessoas saudáveis.

Tomam o pequeno-almoço

É que o pequeno-almoço é unanimemente reconhecido por nutricionistas, médicos e demais profissionais de saúde como a refeição mais importante do dia. Já pensou o que é estar 14 ou mais horas em jejum? É o que acontece quando não tomamos o pequeno almoço, tendo como efeito, consequências nefastas para o organismo. Em vez de comerem a correr uma barra de cereal (ou não comerem de todo), as pessoas saudáveis optam por alimentos frescos para dar energia ao corpo nas primeiras horas do dia. Frutas, cereais, pão integral, são boas escolhas. Embora o próprio nome indique tratar-se de uma pequena refeição, deve-lhe ser dada uma acrescida importância, funcionando como o nosso “carregador de baterias”, essencial para restabelecer a energia e os nutrientes necessários ao início de um novo dia, permitindo assim uma melhor atitude e melhor desempenho face ao dia que aí vem.

São ativas

Que fazer exercício é bom, já nós sabíamos. Mas esquecemo-nos que ser ativo ao longo de todo o dia também acresce de benefícios e é mais um dos hábitos saudáveis. Segundo um estudo da Universidade de Boston, a prática de dez minutos de exercício intenso tem os mesmos benefícios que ir ao ginásio todos os dias.

Sugestão – Procure momentos do dia a dia em que a podem tornar mais ativa, como caminhar para o trabalho (sair duas paragens de autocarro antes do destino final) ou deslocar-se de bicicleta. E, ao caminhar, opte por alternar o ritmo do passo, pois um novo estudo confirma que variar a sua velocidade queima mais 20 por cento de calorias do que um ritmo regular. Adira ao power walking!

Dão tempero à vida

Ao reduzir o sal, incremente no uso de ervas aromáticas e especiarias. Nestas últimas há uma, mais conhecida como “a raínha das especiarias”, que nunca deve faltar na alimentação, a curcuma (ou açafrão-das-índias). De acordo com Francisca Guimarães, autora do blog Miss Kale e estudante de homeopatia na School of Homeopathy, no Reino Unido, esta raíz, semelhante à do gengibre, com a presença de antioxidantes como a curcumina, é ultra benéfica: fortalece o sistema imunitário; é um anti-inflamatório natural; contribui para a saúde e longevidade dos ossos e articulações; auxilia no bom funcionamento hepático (fígado) e protege-o de danos tóxicos; possui fortes propriedades anticancerígenas; é um anticoagulante natural; equilibra os níveis de colesterol no sangue; acelera o metabolismo, auxiliando na perda de peso e gorduras localizadas; é um rejuvenescedor por excelência, devido aos seus elevados níveis de antioxidantes; contribui para a elasticidade, brilho e juventude da pele. “A curcuma é um alimento que se encontra ao alcance de todos, no entanto é muito importante que seja biológica. O ideal é que a consuma fresca, mas no caso de não a encontrar, podes utilizá-la em pó, em pratos indianos, por exemplo, ou então em cápsulas, como suplemento. De maneira a aumentar a absorção da curcuma, convém adicionar à receita outro alimento termogénico, como é o caso do gengibre”, aconselha Francisca Guimarães no seu blog.

Desligam a 100 por cento

Olhar para o smartphone antes de dormir tornou-se um hábito para muita gente. Porém, este gesto pode fazer mal à saúde. Quem o afirma é Dan Siegel, professor de psiquiatria da Universidade da Califórnia. Num vídeo publicado pelo site Business Insider, o médico explicou que, ao entrar em contato com a luz emitida pela tela do telemóvel, o nosso cérebro entende que ainda não é a hora de dormir. “Isso diz ao seu cérebro para não libertar melatonina, que ainda não é hora de dormir”, afirma Siegel no vídeo. Libertada pela glândula pineal, a melatonina é uma das hormonas responsáveis pela regulação do sono. Acordados durante mais tempo, dormimos menos e sofremos as consequências negativas disso mesmo. Segundo Siegel, o sono ajuda os neurónios a descansar e permite que o cérebro se limpe das toxinas libertadas pelos neurónios. De acordo com Siegel, apenas cinco por cento das pessoas conseguem viver bem a dormir pouco. O médico diz que esses indivíduos têm diferenças genéticas em relação à maioria das pessoas. “Dê a si mesmo uma hora, pelo menos, antes de ir para a cama e desligue o seu telemóvel”, aconselha o médico.

Sugestão: Se faz parte do grupo de mulheres que se queixam de insónias e ansiedade à noite. Então tenha um caderno e lápis na sua mesa de cabeceira para anotar os seus problemas de forma a desligar e adormecer. Assim, de manhã, estará mais lúcida para os resolver.

Meditam em movimento

Ao contrário de uma ideia muito difundida, meditar nem sempre implica ficar sentada na posição de lótus com os olhos fechados. É possível praticar a meditação em praticamente qualquer lugar. Conheça os tipos de meditação que podem ser feitos em movimento:

Qigong ou chi kung: esta prática chinesa antiga é uma experiência mental, física e espiritual, própria para pessoas de todas as idades. Os movimentos do qigong são lentos, fluidos e ritmados, com ênfase em acalmar a mente e respirar calmamente. Os seus benefícios psicológicos e físicos incluem a redução da dor, redução da ansiedade e promoção da estabilidade.

– Ioga: além de ser um exercício que aumenta a flexibilidade, quando se faz a saudação ao sol ou se tenta uma postura nova e difícil, a mente está concentrada e limpa. Este tipo de concentração é uma das metas da meditação, daí ser fácil combinar ioga e meditação.

– Ar livre: passar tempo ao ar livre pode fazer maravilhas pela nossa saúde mental – e também é uma ótima maneira de meditar. Passe algum tempo na natureza e concentre-se no presente, para energizar a sua mente e melhorar o seu humor. É umdos hábitos saudáveis que encerra mais benefícios do que se imagina.

Bebem um copo de água com limão ao acordar

Hidratar o corpo logo de manhã é um dos hábitos saudáveis que as pessoas saudáveis não abrem mão, pois a prática acelera o sistema digestivo e melhora a pele. Uma dica é espremer uma fatia de limão ou adicionar uma colher de sopa de vinagre de maçã no copo de água, refere o site Mind Body Green.

Costuma ter algum destes hábitos saudáveis? Como é o seu dia a dia?

 

Leave a Reply