By

Ainda não faz atividade física? Até se inscreveu no ginásio, mas experimentou duas aulas e nunca mais lá foi? Não acreditamos! Há algo errado aqui e nós vamos ajudá-la a perceber o quê, ao sugerir quatro desportos em que se vai fidelizar!

Os portugueses fazem cada vez mais atividade física. A maior prova temo-la todos os dias: são os colegas que chegam ao trabalho cheios de energia porque estiveram antes numa aula de crossfit; outros aproveitam a hora de almoço para “dar um pulo” ao ginásio; e outros não vão para casa sem antes fazer uma corrida pela marginal. No entanto, um estudo feito pela European Social Survey mostrou, no final de 2016, que os portugueses, em 21 países europeus, são os que menos fazem desportos com regularidade (apenas 11,5% das mulheres praticam exercício físico frequente).

Afinal, o que está errado aqui? Por que motivo haverá ainda esta desmotivação, quando já estamos numa fase em que os médicos são os primeiros a “receitar” atividades físicas aos pacientes?

Na maioria das vezes, as pessoas perdem a vontade porque experimentam uma atividade, não gostam e acham que todas as outras são iguais. Para lhe provar que não funciona assim mostramos-lhe os desportos que tem de experimentar – depois de experimentar aqueles de que não gostou nada (ou não lhe despertam atenção).

Se não gostou de zumba tente MiB (Made in Brasil)

Por um lado gosta de aulas com música mexida pois ajudam-na a soltar-se e a ser mais irreverente nos movimentos. Mas por outro acha que a zumba fá-la mexer-se mais do que aquilo de que gosta e descoordena-se com facilidade. Opte antes pelo MiB, no Holmes Place, ou o Bum Bum Brasil, no Fitness Hut. Ambas as aulas, como os nomes indicam, são feitas ao som de música brasileira e trabalham várias partes do corpo, com grande incidência para os glúteos e pernas. Prepare-se: são aulas intensas de 30 minutos, mas que valem muito a pena.

Se não gostou de bootcamp experimente crossfit

O bootcamp é um treino a toque militar. Ponto. Mandam-na arrastar-se no chão, carregar pneus, fazer corridas e flexões – tudo ao ar livre e muitas vezes em cima de lama. É um treino duro, mas com muito espírito de equipa e com bons resultados em termos físicos. Se acha que ficar toda suja não é para si, mas gosta de atividades intensas tem de conhecer o crossfit. Feito em boxes, sempre com um personal trainer por perto, este crossfit é um treino de força e condição física geral com vários objetivos, como: resistência muscular, força, flexibilidade, coordenação, agilidade e equilíbrio. Experimente uma aula no Crossfit Alvalade, em Lisboa, ou no CrossFit OPO, no porto.

Se não gostou de corrida tente cycling

Correr está, definitivamente, na moda. E é uma moda boa, pois além de todos os benefícios físicos que temos, também ficamos com uma sensação incrível de bem-estar – mais não seja porque estamos a respirar ar puro enquanto corremos. Mas, se já tentou vários percursos, com diferentes níveis de intensidade, não gostou e prefere algo dentro de portas tente o cycling. Consiste numa aula indoor de ciclismo com vários níveis de intensidade, de acordo com a experiência do aluno.

Se não gostou de ioga experimente pilates

Arriscamos em dizer que é quase impossível alguém não gostar de ioga (nós adoramos, por exemplo). No entanto, gostos não se discutem por isso temos de mostrar várias opções, não é verdade? Se quer voltar ao desporto, novamente com uma atividade calma e que exija concentração, experimente o pilates. Os benefícios desta atividade física são muitos: melhora a postura, reduz o perímetro abdominal, promove a concentração e consciência corporal e trabalha os músculos pélvicos. Veja aqui onde praticar.

Já experimentou algum destes desportos? Qual gosta mais? E de qual é que não gosta nada?

 

Leave a Reply