By

Tornar o sexo monótono, secante e sem graça é algo que preocupa muito os casais, principalmente depois de algum tempo de vida em conjunto. Para não ficar com este tipo de preocupações é importante que dê um toque picante à relação. Siga a máxima: diga não à rotina sexual.

Dá tremelicos e arrepios só de pensar que podem dizer-nos: “desculpa querida, mas entrámos numa rotina sexual”. Não é bonito de ouvir, muito menos de sentir que a outra pessoa está insatisfeita. O mesmo pode acontecer connosco. Depois de algum tempo de relacionamento, devido a alguns problemas ou prioridades que mudaram, podemos sentir que a nossa vida sexual está monótona.

Ponto número um: isso pode mudar. Ponto número dois: essa mudança para melhor só depende de nós. Não é difícil voltar a ter um sexo intenso. Basta que nos deixemos levar pela imaginação…

Diga tudo o que lhe vem à cabeça

Se lhe apetecer enviar uma mensagem erótica ao seu parceiro durante o dia, não tenha vergonha de o fazer. Se a meio do jantar ficar com uma vontade enorme de fazer sexo naquele momento, também não deixe para depois. No sexo, as palavras funcionam como um cartão de boas vindas. Não se esqueça também de dizer o que deseja ao ouvido dele durante o ato sexual.

Explore outros sítios 

Quando o clima começa a aquecer a primeira coisa que fazem é ir para o quarto e deitar-se na cama? Coloque um sinal de proibido nesse sítio e explore as outras divisões da casa. Pegue nas mãos dele e guie-o para os sítios mais mirabolantes. Sabe aqueles fetiches sexuais que um dia lhe passaram pela cabeça? Está na hora de os pôr em prática.

Compre brinquedos sexuais

Não vale dizer que tem vergonha de entrar numa sex shop. Quem está lá para a receber vai tratá-la sem nenhum preconceito, muito pelo contrário. Se não sabe o que comprar peça ajuda e explore bem a loja.

Aposte em cenários especiais

O seu companheiro gostava de vê-la vestida de enfermeira? Faça-lhe a vontade. Crie mesmo uma espécie de consultório em casa (sem que ele se aperceba), faça-lhe a surpresa e trate do seu paciente com tudo o que ele tem direito.

Dance sem vergonhas

Não é preciso ser uma bailarina profissional, mas porque não apostar numas aulas de dança? Não só fará exercício físico, como conseguirá preparar um show privado para o seu parceiro. Ele vai adorar!

Já alguma vez sentiu que caiu numa rotina sexual? O que fez para mudar isso?

 

Leave a Reply