By

Qualquer relação tem momentos menos bons, que podem ser diminuídos se soubermos dar a volta às situações com muita calma e, também, respeito. A seguir, saiba como reagir no meio de uma discussão.

Virar as costas, gritar e não responder não são, de todo, formas de lidar com uma discussão. Embora durante esses momentos fiquemos com os nervos à flor da pele há maneiras muito mais saudáveis de resolver as coisas do que dar um murro na parede e ficar com a mão dorida. Não concorda?

Para facilitar as coisas (e fazer as pazes mais rapidamente na próxima vez que os ânimos se exaltarem) reunimos quatro truques que deve usar no meio de uma discussão.

Respire fundo várias vezes antes de expressar algum pensamento

Sabe quando está concentrada no ginásio a fazer algum exercício mais difícil e tem de parar uns segundos para fazer a respiração corretamente? É isso mesmo que tem de fazer durante a discussão. O cérebro, ao receber mais oxigénio, faz com que pense de forma mais clara. Além disso, uma respiração correta ajuda a que a raiva diminua.

Explique aquilo que está a sentir e oiça o que o seu parceiro tem para lhe dizer

Mas é para ouvir mesmo. Não deve, de todo, estar com a “cabeça noutro lugar”. É essencial que ambos deem a sua opinião bem fundamentada, mesmo que esta seja o mais diferente possível da outra. Quando chegar a sua parte de ouvir analise bem todos os pontos tocados e meta-se no lugar da outra pessoa.

Deem espaço um ao outro

Esta é a parte mais difícil. Então está a meio de uma troca de palavras e abandona a cena? É verdade. Deve mesmo fazê-lo. Explique ao seu parceiro que ambos precisam de arejar as ideias e pô-las no lugar. Mais tarde voltam a encontrar-se para, já mais calmos, conversarem.

Cheguem a um compromisso

Sim, a um acordo. Se ambos têm razão, por que é que a discussão continua? Se, por outro lado, algum errou é também altura de saber perdoar e aprender com os erros. O futuro encarregar-se-á de vos mostrar as lições aprendidas com a discussão.

Costuma discutir muito com o seu parceiro? Sente que vive numa relação infeliz?

 

Leave a Reply