By

Está na altura de fazer um detox ao seu armário e dar uma nova vida a tudo aquilo que já não usa. Não é fácil abdicar de algumas coisas mas, com o tempo, vai perceber que há muito que não precisava delas!

Se há coisa que a experiência de vida nos ensina é que devemos simplificar e pôr de lado (bem longe) tudo aquilo que não nos faz falta. Sendo assim, de que nos serve ter um Mundo dentro do armário se não tocamos nem em metade das peças?

E aquele saco que está guardado com o fato de Carnaval de há cinco anos é para quê? Pensa que alguém lhe vai pedir emprestado nos próximos tempos? Ainda guarda religiosamente as suas primeiras leggings de ginástica que já nem lhe servem? Pois bem… não há mais tempo a perder. Tem poucos minutos para fazer um reset no roupeiro. Organize uma feira de roupa em segunda mão, convide os familiares para um lanche e distribua tudo aquilo de que já não usa, ponha na reciclagem as peças estragadas e entregue outras tantas a instituições que bem precisam.

Saiba, a seguir, aquilo que está a mais no seu armário e… na sua vida!

  • Roupa amarelada e/ou com buracos. Não, não servem para dormir ou para andar por casa. Ou melhor, até servem se as puser na gaveta onde guarda tudo aquilo que usa com regularidade. Se, por algum motivo, pôs a roupa num saco, esqueça. Desfaz-se dela pois nunca mais a vai usar;
  • Lingerie larga e sem elásticos. Além de ser desconfortável não é nada, nada sexy. Por isso, por mais que goste daquele conjunto que usou na sua primeira viagem romântica com o seu namorado está na altura de o deitar fora. Ficam as (boas?!) recordações;
  • Aquela camisola que lhe ofereceram, mas que não tem a ver consigo. E nem para o ginásio é capaz de usar. Primeiro deve certificar-se que a pessoa que lha deu não vai saber (não cai bem, não é verdade?). Depois, pegue nela e, juntamente com outras peças, doe a uma instituição;
  • Aquelas calças que não usa há mais de dois anos. Tem medo que voltem a estar na moda, é isso? Nós também temos peças assim. Guardamo-las em caixas debaixo da cama ou no sotão. No armário que usamos todos os dias é que não…;
  • O casaco que já não lhe serve. Não vai servir nunca mais. Cresceu, o seu corpo tem outras formas, o que não é necessariamente mau. Se tem uma grande estima pela peça ofereça-a a alguém da família ou a uma amiga que sabe que o vai estimar.

Conte-nos lá: como está o seu armário?

 

Leave a Reply