By

Têm muito cuidado com aquilo que comem e da forma como comem pois sabem que isso lhes traz muito mais saúde. São mulheres que estão no trono da alimentação saudável e nós mostramo-las a seguir.

Se num inquérito feito a estas mulheres estivesse a pergunta: “como é que consegue manter a qualidade de vida?” apostamos que a resposta seria unânime: “graças à alimentação saudável”.

Donas de uma vida como a nossa, com trabalho, filhos e outras responsabilidades, estas mulheres fazem questão de analisar muito bem aquilo que comem. Apostam nos alimentos certos e com o máximo de nutrientes, recusam-se a comer produtos que façam mal à saúde e seguem dietas e tipos de alimentação de acordo com aquilo em que acreditam. No final? No final ficamos todas a ganhar – elas e nós que as seguimos como inspirações.

Ella Woodward

Aos 19 anos, a britânica deixou de conseguir manter-se em pé, só queria dormir e tinha um mau estar sufocante. Depois de quatro meses de exames, os médicos diagnosticaram uma doença rara: síndrome de taquicardia postural. Foi aí que Ella começou a pesquisar na internet e encontrou o testemunho de Kris Karr, a autora de Crazy Sexy Diet que conta em livro como mudou radicalmente a forma de comer quando lhe fora diagnosticado cancro. o testemunho incentivou Ella a fazer o mesmo (já que até então não comia fruta nem legumes e as pizzas estavam sempre em primeiro lugar nas opções). Deixou de comer açúcar, carne, produtos lácteos, alimentos processados, com químicos e aditivos e glúten. Passados 18 meses, e depois de ter aprendido as técnicas de cozinha que também desconhecia, a britânica deixou a medicação e começou a sentir-se muito melhor. Diz que a dieta a salvou e é isso que conta desde aí no seu blog Deliciously Ella com milhões de visitas por mês. Entretanto também lançou um livro com o mesmo nome, editado em Portugal. Hoje, Ella não se assume como curada, mas admite que a alimentação saudável têm-na ajudado muito a viver com melhor qualidade de vida.

Anna Jones

Na nossa rubrica sobre as Rainhas da Alimentação Saudável destacámos Anna Jones e não poderíamos deixar de a referir aqui. Trabalhou durante sete anos com Jamie Oliver o que a ajudou, claro, a saber muito sobre cozinha. Foi ainda a partilhar cozinha com um dos chefe mais conceituados do mundo que Anna se tornou vegetariana. Fê-lo porque se sentia fatigada e queria apostar numa alimentação à base de vegetais. Aí tudo mudou: o cabelo ficou mais brilhante, a pele mais luminosa e o peso atingiu o seu equilíbrio, disse-nos em entrevista. Hoje é considerada por muitos a rainha dos vegetais, tem um blog de culinária e já escreveu dois livros: A Modern Way to Eat e A Modern Way to Cook.

Amelia Freer

Não acredita em dietas. Opta antes por uma alimentação saudável e equilibrada. Autora do livro Comer.Nutrir.Brilhar. a terapeuta nutricional recomenda comida verdadeira em quantidades sensatas. Em entrevista à Saber Viver, Amelia Freer mostrou-nos a sua dispensa ideal: “organizada e bem fornecida de produtos naturais em frascos de vidro, para que possa ver o que está a acabar (e sem plásticos!) e, claro, livre de alimentos processados, açucares refinados e produtos com glúten.” No seu blog pode acompanhar diariamente as dicas da terapeuta que diz que o exercício físico é fundamental para nos sentirmos bem. Concordamos em pleno!

Marta Horta Varatojo

Já antes tínhamos falado nela, na rubrica Rainhas da Alimentação Saudável. Autora do blogue My Macroexotic World e de O Livro de Cozinha da Marta, defende a cozinha macrobiótica. Porquê? “Comemos aquilo que se considera ser biologicamente mais compatível com o ser humano, sendo que a base da alimentação são os cereais integrais, leguminosas e vegetais. Deve ter-se em conta o enquadramento geográfico e climático, assim como o estilo de vida e condição de saúde de cada um”, disse-nos em entrevista. Desde 2009 que dá aulas particulares de cozinha e hoje a sua missão é tornar a macrobiótica apelava e acessível a todos e “despertar a curiosidade nas pessoas para uma alimentação e estilo de vida mais conscientes”.

Quais são as mulheres que praticam uma alimentação saudável que mais a inspiram?

 

Leave a Reply